Sala de estar rosa
logo ocda.png

#VamosFalarSobreDireçãoDeArte

Em sua 7ª edição, a Oficina Contínua de Direção de Arte pretende capacitar novos profissionais para a área do audiovisual, ampliando os conhecimentos gerais e específicos dos discentes. Ao todo serão 14 ministrantes que também irão oferecer uma compreensão sobre Direção, Fotografia, Cenografia, Figurino, Maquiagem e Efeitos.

OCDA traz para os alunos métodos e conceitos de trabalho, do roteiro ao produto final, assim como as matérias e ferramentas disponíveis para a construção do filme, bem como as relações que se estabelecem entre os departamentos.

As aulas acontecem entre 22 de fevereiro e 18 de março, de maneira remota. Serão 4 semanas de aulas teóricas e atividades práticas. Ao final de cada semana, teremos uma mesa de debates para aprofundar ainda mais os temas apresentados na oficina.

Este projeto tem apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura e da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultural do Ministério do Turismo, Governo Federal.

RESULTADO

Finalmente chegou o dia de anunciar os selecionados para a 7ª edição da Oficina Contínua de Direção de Arte (OCDA).

 Queremos agradecer a cada pessoa que enviou seu formulário para a gente. Foram 388 inscritos, o que nos honrou e emocionou completamente!! No total, escolhemos 50 alunos, 30 destes receberão ajuda de custo para acesso à internet.

É importante frisar que a confirmação da participação APENAS ocorrerá mediante a resposta de uma ficha cadastral, que será enviada por e-mail, e poderá ser respondida até a quarta-feira (10).

Aos que não entraram nessa com a gente desta vez, temos uma novidade!!! A cada semana da Oficina acontecerá o "Arte em Debate", mesa de diálogo e trocas, buscando os múltiplos recortes e toda a diversidade da Direção de Arte. O evento acontece toda quinta-feira, 20h, no canal da Caraol Tanajura, no Youtube, até o dia 18 de março. O acesso é livre para todes, todas e todos.

 

Professores

Arara pb.jpg
Direção de Arte

Araripe

Artista Plástico graduado pela Ufba. Cursou Pós - Graduação de Cinema de Animação na Puc/RJ. Lecionou Produção de Radio, Tv e cinema na Ucsal e Desenho Industrial na EBa/Ufba.

Diretor de arte dos filmes: “Vulvula”, 35 mm, 1982; "A Lenda do Pai Inacio”, 35mm, 1986; “Anil”, 1988; “Superoutro”, 1989; “Heteros, a comédia”, 1990; “Samba Riachão”, 1999. Foi a primeira pessoa a assinar como Diretor de Arte na Bahia.

Realizou como roteirista e Diretor: “Mr. Abrakadabra!”, “Rádio Gogo”, “O pai do Rock”, “Esses Moços” e “E.T.ilico”.

Foi Gerente Executivo de Conteúdo da TV Brasil/RJ e Diretor de Programação e Conteúdo da TVE /Bahia.

  • YouTube
  • Grey Instagram Ícone
clara harlley PB.jpg
Direção de Arte

Clarissa Ribeiro

Graduada em Comunicação Social, é diretora de arte, cenógrafa e figurinista. Iniciou no audiovisual em 1999, com o curta-metragem “Nunca Nada”. Trabalhou com diversas esferas do audiovisual assim como em outras linguagens artísticas como teatro e música, sempre dentro do departamento de arte. Assinou a direção de arte de projetos como as séries “A Bicicleta do Vovô” e os filmes “Memórias Afro Atlânticas” e “Cristal Lux”.

Tem formação em Design de Produção pela Escuela Internacional de Cine y TV de Santo Antonio de los Baños, Cuba  e em Artes Dramáticas com ênfase em figurino pelo IFBA.

Foi professora e orientadora do curso de  extensão da UNEB, de Direção de Arte  e professora do Workshop Introdução ao Design de Produção ministrado na UNEB

  • website-icon
  • Facebook
  • Instagram
Screenshot_20210116-203430_Gallery.jpg
Figurino

Diana Moreira

Graduada em design de Moda pela Unifacs. 

Atuante no mercado desde 2002, realizou projetos em diversas áreas, artísticas permeando entre o Teatro, a Dança, Música e Cinema. 

Nos últimos anos assina figurino dos Longas, A Luneta do Tempo ,Dir. Alceu Valença (2010), A Última Estação, Dir. Marcio Cury (2011) Abaixo a Gravidade,Dir. Edgard Navarro(2015),Guerra de Algodão,Dir. Cláudio Marques e Marilia Hughes (2017), da Série Francisco Só quer Jogar Bola de Sofia Federico (2016), O último Jogo de Roberto Studart (2017),Longe do Paraíso,Dir. Orlando Senna (2018),Café Pépi e Limão de Adler Paz e Pedro Léo (2019), O'Pastor e O guerrilheiro Dir. José Eduardo Belmonte(2020), E atuou na Equipe de figurino da Série Vikings (Irlanda)Temporada II ,III, V. E no Longa metragem ,The Man Who Invented Christma (EUA/Irlanda) de Bharat Nalluri (2016).

  • th
  • Instagram
Marcus 3a pb.jpg
Assistência de Direção

Marcus Takatsuka

Personalize. Adicione imagens, texto e links ou conecte dados da sua Marcus Takatsuka estudou Audiovisual na Universidade de Brasília e atua no mercado cinematográfico desde 2013 no departamento de Arte.
Trabalhou em 14 longas-metragens, 3 séries, curtas e videoclipes, destacando seus os últimos trabalhos como Assistente de Direção de Arte: os longas "O Homem Cordial", de Iberê Carvalho, "Comeback" de Erico Rassi, "Guerra de Algodão" de Claudio Marques e Marília Hughes e "Loop", de Bruno Bini" e as séries "Detetives do Prédio Azul" (15ª temporada) - do Gloob e "5xComédia" (em finalização), da Amazon Prime Vídeo..

  • IMDb
  • Instagram
Nayara Homem por dudu assunção - Nayar
Maquiagens e Efeitos

Nayara Homem

Maquiadora e Atriz.

Trabalha desde 2007 com Maquiagem em Audiovisual. Formada em Artes Cênicas pela UFBA, pós graduanda em Cosmetologia Avançada (UNYLEYA), é pesquisadora e maquiadora profissional.
Especialista em maquiagem de caracterização já tendo assinado a maquiagem de mais de 35 peças audiovisual, 15 obras publicitárias, 25 ensaios fotográficos e mais de 55 espetáculos ao vivo, shows, performances, circo e teatro.

Em 2017 lançou a oficina “Descobrindo as Cores” de pintura corporal para crianças e em 2018 lançou o livro “As Tintas do Riso – Maquiagem e Palhaçaria. Em 2020 o filme “Nosso Sangue, Nosso Corpo”, em que assinou a maquiagem da etapa Brasil, recebeu o prêmio EMMY de melhor documentário para infância e juventude.

  • Grey Instagram Ícone
  • thtree
  • Instagram
carol1 pb.jpg
Direção de Arte

Carol Tanajura

Diretora de Arte e Cenógrafa.
Graduada em Arquitetura pela Ufba com especialização em Direção de Arte para Cinema e TV Universidade Estácio de Sá (RJ).   
Como Diretora de Arte realizou diversos projetos como os longas: Pinta (2013), Comeback (2016), A Finada Mãe da Madame (2016), Sem Descanso (2019), A Cidade do Futuro (2016), Guerra de Algodão (2018) e Longe do Paraíso (2019).
Em 2018 começa a investir em seu Projeto de Formação, a Oficina Contínua de Direção de Arte, no intuito de formar mão-de-obra para o mercado de trabalho e fortalecer a importância da Direção de Arte no Audiovisual.
Com a pandemia e a necessidade do Isolamento Social, Carol se aproxima do universo virtual.
Faz encontros no Instagram falando de Audiovisual pelo viés do Afeto, promoveu 2 edições online da Oficina Contínua de Direção de Arte e atualmente está reconfigurando seu espaço físico em virtual para ele ganhar força e realizar cursos, debates e outras atividades culturais online.

  • Cinza ícone do YouTube
  • th
  • imdb-icon 2 cópia
  • Instagram
05danrodrigues pb.jpg
Produção de Objeto

Dan Rodrigues

Graduado como Designer de Interiores pela Universidade Salvador – Unifacs

Atua  como Produtor de Objetos no Cinema , TV, Publicidade e Teatro,  há 20 anos em obras como : Três Historias da Bahia nos  Filmes Agora é Cinza e O Diário do Convento, Cidade Baixa, Eu me lembro, Quincas Berro D’agua, Jardim das Folhas Sagradas, O Céu de Suely, Ó Paí Ó , Tudo que Aprendemos Juntos, Paixão Crua, Solo Dios Sabe, Os Homens São de Marte e é Pra Lá que Vou, A Bicicleta do Vovô, Marighella, Deserto Particular, nas series para TV; Ó Paí Ó ,  Destino Salvador, Irmãos Freitas, no clip de Julio Iglesias, nas publicidades da Coca – Cola, Governo do estado da Bahia, Ballet Rosana Abubaki, Condominio Solar Boa Vista, entre outros e na peça de teatro Dissidente – Destinatário Desconhecido.

  • Instagram
Everlane Moraes (4).jpg
Diretora e Diretora de Arte

Everlane Moraes

CINEASTA e ARTISTA VISUAL. Especializada em Direção de Documentário pela Escuela Internacional de Cine y TV (EICTV/Cuba). Graduada em Artes Visuais (UFS). Diretora de Criação da PATTAKI PRODUÇÕES AUDIOVISUAIS. Realiza filmes híbridos, que integram as Artes Visuais e o Cinema, dialogando com os conceitos filosóficos e as questões socioculturais da diáspora negra. Seus filmes foram exibidos em SUNDANCE FILM FESTIVAL; ROTTERDAM FILM FESTIVAL; BFI LONDON FILM FESTIVAL; BLACK FEMME SUPREMACY FILM FESTIVAL, entre outros. Selecionada no 34a TALENTS GUADALAJARA (2019). Recentemente foi premiada no WILLIAM GRAVES FILM FUND da FIRELIGHT MÉDIA.

  • Vimeo - círculo cinza
  • Instagram
WhatsApp Image 2020-10-18 at 22.05.46 pb
Produção de Arte

Marília Dourado

Produtora e Coordenadora de Arte.

Formada em Comunicação Social pela Universidade Católica de Salvador, trabalha no audiovisual desde de 2008. Atua em diversas regiões do Brasil: Bahia, São Paulo, Goiás, Minas Gerais, Brasília.

Teve passagem pela produção de objetos e hoje trabalha como produtora de arte e coordenadora de arte. Dentro do audiovisual já trabalhou em séries, longas, clipes e publicidades.

Principais projetos realizados: 

Longas: Trampolim do Forte (2008), Pinta (2013), Até que a Casa Caia (2015),  Guerra de Algodão (2018), Que Horas ela volta (2015), Comeback (2016), Vazante (2017), O Homem Cordial (2019), Eu Sou Mais Eu (2019) e as séries 3% - primeira e segunda temporada, para NETFLIX e Edifício Paraíso para GNT. 

raduada em design de Moda pela Unifacs.

  • imdb-icon 2 cópia
  • Instagram
renata.jpg
Direção de Arte

Renata Mota

Graduada em Arquitetura pela UFBA em 2008, Renata Mota tem cerca de 20 anos de experiência na área de Cenografia e quase 100 projetos realizados. Toda a base do seu conhecimento se desenvolveu através do exercício da atividade para o Teatro e a Dança.  Por 5 anos foi Diretora do Centro Técnico do Teatro Castro Alves (2007 – 2011) e nos últimos 7 anos vem desenvolvendo seus próprios projetos explorando outras linguagens e espaços, colaborando com grandes artistas do cenário nacional e diretores como Elísio Lopes, Pazzeto Jr. e Moacyr Gramacho. Hoje Renata assume a frente da RMota Cenografia, e entre os principais projetos realizados, estão a direção de arte para o filme Abraço no Tempo (2020), cenografia do filme O Outro Lado da Memória (2017), DVD Péricles - Mensageiro do Amor (2019), DVD Saulo - Ao vivo (2013), entre outros..

  • website-icon
  • YouTube
  • Instagram
perfil CA viewfinder pb.jpg
Direção

Cecília Amado

A diretora Cecília Amado iniciou sua carreira em 1995 e atuou durante 15 anos como  assistente de direção no cinema e na tv. Roteirizou seu primeiro longa-metragem,  Capitães da Areia (2011) e desde então está à frente da produtora Tenda dos Milagres  onde dirigiu filmes como Onde Dorme os Sonhos e Tempestade Emocional e séries como  Da Manga Rosa, Meu Irmão Nerd e Toda Menina Baiana entre outras. Atua também  como produtora, roteirista e arte-educadora.

  • Grey Vimeo Ícone
  • Instagram
eurosa.jpeg
Contrarregragem

Daiane Oliveira

Formada em Artes Visuais pela UFBA em 2010. Já trabalhou no MAM-BA desde assistente de montagem das exposições a coordenadora do setor e da 3a Bienal da Bahia. Começou na contrarregragem em 2015 na série infantil baiana Francisco só quer jogar bola (2015). Depois disso trabalhou também em longas-metragem como Longe do Paraíso de Orlando Senna (2018), Guerra de Algodão (2019) de Cláudio Marques e Marilia Hugles e séries como 3% (2018) e Nasce uma Rainha (2020)da Netflix, Missão Design (2018) , Santa Ajuda (2019) e Papo de Segunda verão(2019) da GNT. Além de contrarregrar, já fez pintura de arte e cenotecnia em alguns projetos como o longa RECEBA!(2019) e a série Meu irmão nerd (2017).

  • Instagram
02luisparras pb.jpg
Cenografia

Luís Parras

Natural de São Paulo, vive e trabalha em Salvador desde 1996

Luís Parras é diretor de arte, cenógrafo, pintor, desenhista, performer e tarólogo. Membro fundador do GIA – Grupo de Interferência Ambiental onde atua desde 2002. Estudou pintura e historia da arte no Conservatório Estadual de Música Juscelino Kubitschek de Oliveira, Pouso Alegre, Minas Gerais entre 1994 e 1995. Em 1996 muda para Salvador e começo a trabalhar com cenografia para teatro e em 1998 inicio o curso de Bacharelado em Artes Plásticas da UFBA Universidade Federal da Bahia. Em 2002 começa a trabalhar com cinema, mais especificamente no Departamento de Arte.

  • YouTube
  • Instagram
matheus rocha theuba pb.jpg
Direção de Fotografia

Matheus Rocha

Matheus Rocha é Diretor de Fotografia formado em Cinema e TV na EICTV, Cuba.
Com 17 anos de carreira, fotografou 17 longas-metragens de ficção e
documentário, entre eles: Trabalhar Cansa (2011), que estreou na competição Un
Certain Regard do Festival de Cannes; A Coleção Invisível (2012), vencedor do
Prêmio do Público no Festival de Gramado; o documentário Sopro (2013), que
estreou no Festival Visions du Réel; e Elon Não Acredita na Morte (2016), um dos
sete concorrentes do festival tcheco especializado em direção de fotografia
Ostrava Kamera Oko. Dos trabalhos para TV, está no ar com Drag Me as a Queen,
reality show do canal E!

  • website-icon
  • Instagram
 
 

Quem Somos

Clarissa Ribeiro

Coordenação Pedagógica

  • website-icon
  • Facebook
  • Instagram

Graduada em Comunicação Social, é diretora de arte, cenógrafa e figurinista. Iniciou no audiovisual em 1999, com o curta-metragem “Nunca Nada”. Trabalhou com diversas esferas do audiovisual assim como em outras linguagens artísticas como teatro e música, sempre dentro do departamento de arte.

Tem formação em Design de Produção pela Escuela Internacional de Cine y TV de Santo Antonio de los Baños, Cuba  e em Artes Dramáticas com ênfase em figurino pelo IFBA.

Foi professora e orientadora do curso de  extensão da Universidade do Estado da Bahia – UNEB, de Direção de Arte  e professora do Workshop Introdução ao Design de Produção ministrado na Universidade do Estado da Bahia – UNEB

Alícia Guerreiro

Produção

  • Instagram

Alícia Guerreiro, foi cria do curso de extensão da UNEB, Cine Arts, onde estudou direção de arte em cinema (2016), é graduanda pelo Bacharelado Interdisciplinar em Artes, com ênfase em Políticas e Gestão da Cultura, através da UFBA (2021.1). Atuou em cinco curta-metragens como assistente de arte, dentre eles: MOM, Dir. Háron Souza (2016); Amanda, Dir. Joés Souza (2016); Legítima Defesa, Dir. Edinilson Pará (2017); DELA, Dir. Bernard Attal (2018); As Balas Que Não Dei Ao Meu Filho, Dir. Thiago Gomes (2018); e em três longa-metragens, como assistente de arte em Dr. Ocride, Dir. Edson Bastos e Henrique Filho (2018); Sem Descanso, Dir. Bernard Attal (2018); Longe do Paraíso, Dir. Orlando Senna (2018). Assistente de Arte para videoclipe DRAG ME AS A QUEEN HINO DE CARNAVAL, Dir. Amadeu Alban, para canal E! (2019). Produtora Técnica dos Núcleos Estaduais de Orquestras Infantis e Juvenis da Bahia, desenvolvendo o papel de produção de eventos internos e externos e de terceiros, vinculados ao programa NEOJIBA. Entre (2019/2020).

Enoe Lopes Pontes

Assessoria Imprensa e Redes

  • website-icon
  • Instagram
  • website-icon

Doutoranda e mestre em Comunicação e Cultura, pelo Programa de Pós Graduação da Faculdade de Comunicação (UFBA). Formada em Artes Cênicas, com ênfase em Interpretação Teatral, pela Universidade Federal da Bahia e em Comunicação Social, com ênfase em Jornalismo, pela Faculdade Social da Bahia. Em comunicação foi integrante da terceira edição do Jornalismo de Futuro, programa realizado pelo Jornal Correio*, e estagiária na Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA). Até 2019, trabalhou na assessoria de imprensa da Mostra Lugar de Mulher é no Cinema e na Olho de Vidro Produções, empresa baiana de audiovisual. Atualmente, atua como assessora de imprensa, na área cultural e escreve para dois sites o Coisa de Cinéfilo e o Série a Sério.

Juniro Almeida

Acessibilidade Universal

  • Instagram

Juniro Almeida é artista visual, fotógrafo, legendista, audiodescritor roteirista e narrador da ACESSU: Acessibilidade Universal. Formou-se no curso de bacharel em artes com ênfase em cinema e audiovisual pela Universidade Federal da Bahia (2013). Alia a sua formação acadêmica e experiência para a promoção da acessibilidade cultural em teatro, cinema, museus, eventos sociais e acadêmicos, etc. 

Cintia de Jesus Santos

Intérprete de Libra

  • Instagram

Cintia de Jesus Santos é formada em Pedagogia e Letras/Espanhol- 2012 e 2017, especialista em Libras- 2016, mestranda em Educação- 2020.
Professora e tradutora/intérprete de Libras- 2004 à 2020
Professora e interprete de Libras no projeto teatro escola- 2018 à 2020
Idealizadora e organizadora da Semana Cultura Surda e Acessibilidade no projeto Teatro Escola- 2019. Interprete tradutora de Libras no projeto "A gente se encontra no Teatro!"- 2015; Interprete tradutora de Libras no projeto "Encontros de domingo"-2014.

Carol Tanajura

Coordenação Geral

  • th
  • imdb-icon 2 cópia
  • Instagram

Diretora de Arte e Cenógrafa.
Graduada em Arquitetura pela Ufba com especialização em Direção de Arte para Cinema e TV Universidade Estácio de Sá (RJ).   
Como Diretora de Arte realizou diversos projetos como os longas: Pinta (2013), Comeback (2016), A Finada Mãe da Madame (2016), Sem Descanso (2019), A Cidade do Futuro (2016), Guerra de Algodão (2018) e Longe do Paraíso (2019).
Em 2018 começa a investir em seu Projeto de Formação, a Oficina Contínua de Direção de Arte, no intuito de formar mão-de-obra para o mercado de trabalho e fortalecer a importância
da Direção de Arte no Audiovisual.
Com a pandemia e a necessidade do Isolamento Social, Carol se aproxima do universo virtual. Faz encontros no Instagram falando de Audiovisual pelo viés do Afeto, promoveu 2 edições
online da Oficina Contínua de Direção de Arte e atualmente está reconfigurando seu espaço físico em virtual para ele ganhar força e realizar cursos, debates e outras atividades culturais

Angela Carballal

Produção

  • Ícone cinza LinkedIn

Graduada em Arquitetura e Urbanismo pela UNIFACS - Universidade Salvador, 2016. Em 2019, participou da Oficina Contínua de Direção de Arte, promovida por Carol Tanajura. A partir daí, trabalhou como diretora de arte no espetáculo “Bateu uma onda forte”, no Teatro Gamboa Nova (set/2020); no videoclipe “Chica” do cantor Felupz (set/2020); no editorial de moda dirigido e fotografado por Kevin Oux, para a revista Tirade, publicado em Londres (out/2020); e como assistente de direção de arte, na publicidade da “Bendito Salgado”, produzida pela Voo Audiovisual (nov/2020). Atualmente é responsável pela Produção da OCDA-21.

Karine Luzolo

Produção

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Pinterest
  • Tumblr Social Icon
  • Instagram

Kari Luzolo é Economista, Mestra em Estudos Etnicos e Africanos pela UFBA, Cenógrafa pela Escola de Espetáculos do Governo do Estado da Bahia com formação técnica  em iluminação cênica e direção de arte  e Art Worker com pintura artística de murais e restauração de móveis e objetos.
Atua em teatro e audiovisual desde 2017 como produtora de arte e objeto, em diversas produções.

BOGUM Ambiente Criativo

Transmissão ao vivo

  • website-icon
  • Facebook
  • Instagram

BOGUM Ambiente Criativo é uma empresa especializada em soluções técnicas para as artes. Desenvolvida por artistas multidisciplinares, atua nas artes cênicas, música e audiovisual prestando serviços em iluminação, sonorização, cenografia, filmagens e transmissões ao vivo. Além dos serviços, a Bogum desenvolve e realiza projetos artísticos diversos, como o podcast musical BotaPáToká, o Artivista Podcast, com produção bilíngue (Brasil x Suíça) que aborda eixos como arte-política-sociedade, e o LABCENAS - Laboratório de Tecnologias para a Cena, ciclo de formação, pesquisa e produção de conteúdos relacionados às áreas artísticas técnico-criativas.  
 

Ira Vilaronga

Acessibilidade Universal

  • Instagram

Ira Vilaronga é mestre em Educação e Contemporaneidade pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB); assessora da ACESSU: Acessibilidade Universal; agrega seus conhecimentos profissionais no desempenho das funções de audiodescritora e consultora) teatro, cinema, exposições artísticas e fotográficas, eventos sociais e acadêmicos, livros didáticos e paradidáticos etc) e em acessibilidade universal; como atriz, mergulha no fascinante mundo do teatro, transitando entre a arte e a realidade. 
 

ARTE EM DEBATE é um espaço de encontro e trocas, onde a busca é pelos múltiplos  recortes e toda a diversidade da Direção de Arte no audiovisual.

Acontece toda quinta-feira, a partir do dia 25 de fevereiro até dia 18 de março, com transmissões ao vivo no canal do Youtube de Carol Tanajura. A cada semana contará com a presença dos professores convidados como atividade complementar da Oficina Contínua de Direção de Arte.

ARTE EM DEBATE

 
Não há eventos programados no momento

Dúvidas?

e-mail

oficinacaroltanajura@gmail.com

 

whatsapp

71 991924363

  • YouTube
  • Instagram